O GRANDE ELEFANTE AFRICANO

O elefante-africano (Loxodonta spp.) é o maior dos dois tipos de elefante existem atualmente. Por comparação com o elefante-asiático, distingue-se pelas orelhas maiores, tem uma adaptação às temperaturas mais elevadas, e pela presença de presas de marfim nas fêmeas, com cerca de 70 kg cada uma. Além disso, o elefante-africano tem 3 unhas nas patas traseiras e 21 pares de costelas, por oposição a 4 e 19, respectivamente, no elefante-indiano.
O elefante-africano atinge os 3,50 metros até o nível da cernelha e 6 metros de comprimento, sendo o maior mamífero terrestre existente na atualidade. Um adulto necessita de cerca de 250 quilogramas de alimento e 160 litros de água todos os dias.


Até recentemente, acreditava-se que havia apenas duas espécies vivas de elefantes, o elefante-africano e o elefante-asiático. Neste contexto, o elefante-da-savana e floresta correspondiam a variedades de uma mesma espécie. No entanto, estudos genéticos realizados com o objetivo de controlar o tráfico ilegal de marfim trouxeram à luz as diferenças que avia entre as variedades. Apesar das diferenças, é conhecido que os elefantes-da-floresta e savana podem produzir híbridos. Os elefantes-africanos (género Loxodonta) dividem-se em duas espécies atuais e três fósseis.



















Share on Google Plus

About Rui Medeiros

Curiosos no Mundo é um blogue que aborda vários assuntos, como Fotografia,Tecnologia,Bizarro,Cinema,Auto,Moda etc, aqui pode encontrar muitas curiosidades.
    Blogger Comment
    Facebook Comment