CASTELO BODIAM

Bodiam Castle é um castelo quadrangular localizado no East Sussex, Inglaterra. Foi construído em 1385 por Sir Edward Dalyngrigge, um ex cavaleiro de Eduardo III, com a permissão de Ricardo II em ordem a defender a área circundante da invasão francesa durante a Guerra dos Cem Anos. De qualquer forma, recentes pesquisas sugerem que o castelo foi construído mais para exibição de poder que para defesa efectiva. Existem evidências que suportam esta pesquisa, uma vez que as suas muralhas têm apenas um par de pés de grossura. No seu interior encontrava-se um vasto edifício apalaçado, que viria a ser destruído pelas forças parlamentares em 1664, e do qual restam apenas vestígios.

 
À época da sua construção, a Inglaterra e a França combatiam na Guerra dos Cem Anos, a qual se disputava desde 1337. A costa Sul da Inglaterra, onde Bodiam seria construído, estava em constante ameaça de invasão por parte da França. O castelo defende o curso alto de um rio que era navegável até Rye, nos tempos medievais, quando os níveis do mar eram mais elevados. De qualquer forma, nenhuma invasão foi levada a cabo e Bodiam Castle nunca se envolveu num cerco medieval. Ao longo dos séculos, desde que foi construído, o castelo foi possuído por uma sucessão de poderosas famílias do Sussex, incluindo a família Levett, em honra da qual o actual caminho em frente do castelo recebeu o nome. Depois da destruição de 1664, entrou em decadência até ao século XX, ao ponto de as suas pedras serem saqueadas pelos construtores locais.
 
 
No início do século XX, o castelo foi adquirido e restaurado por Lord Curzon, proprietário do Kedleston Hall e antigo Vice-Rei da Índia, que o legou por testamento ao "National Trust for Places of Historic Interest or Natural Beauty" (Instituto Nacional para Locais Históricos ou de Beleza Natural), em 1926.
 
 
Bodiam Castle é completamente rodeado por um fosso alimentado por um manancial de água, com acesso pelo Norte e pelo Sul. O castelo em si tem uma forma rectangular, sendo mais longo na direcção Norte-Sul. Possui grandes torres redondas em cada um dos quatro cantos e uma torre quadrada defendendo o centro de cada lado. O poço do castelo fica localizado numa das torres dos cantos e a capela numa outra.
A portaria principal fica localizada no centro da parede Norte do quadrângulo, enquanto que a torre quadrada do Sul possui um portão traseiro. Ambas as portarias tinham longas pontes que permitiam a passagem sobre o fosso, das quais a do Norte girava em ângulo recto num bastião octogonal, antes de atingir a margem. Isto providenciava uma defesa adicional ao portão principal, por obrigar qualquer atacante que se aproximasse pela ponte a expôr-se às setas (e, nesta época, às armas de fogo) dos defensores colocados na torre Noroeste.

 
No interior das muralhas ficam as ruínas dos edifícios domésticos, que eram provavelmente muito grandes. Para a direita da torre posterior fica o Grande Hall do palácio. A maior parte do interior do castelo foi destruido pelas forças parlamentares durante a Guerra Civil Inglesa, seguindo a sua política de anulação das fortalezas potencialmente ameaçadoras.
 
 
Bodiam Castle é um típico castelo do fim da era medieval, nos quais era posta muita atenção no conforto das áreas habitáveis, sendo duvidoso o seu valor como fortificação militar. Apesar de o fosso ser uma boa barreira, as muralhas do castelo são pouco grossas, e tem apenas uma linha de defesa (ao contrário dos castelos concêntricos). Quando foi construido, os primeiros canhões já estavam a uso, mas os castelos ainda tinham valor como base para as tropas, mesmo que estivessem a ficar mais vulneráveis ao ataque directo.
 
Ficheiro:Castell de Bodiam - Interior.JPG
 

Share on Google Plus

About Rui Medeiros

Curiosos no Mundo é um blogue que aborda vários assuntos, como Fotografia,Tecnologia,Bizarro,Cinema,Auto,Moda etc, aqui pode encontrar muitas curiosidades.
    Blogger Comment
    Facebook Comment