AS 10 LAGOAS MAIS LINDAS DOS AÇORES

As 10 lagoas mais lindas do arquipélago dos Açores

1 - Lagoa do Caldeirão

A Lagoa do Caldeirão fica localizado no chamado Caldeirão do Corvo, no concelho de Vila do Corvo, na ilha do Corvo, nos Açores.
Trata-se de uma lagoa formada no interior da cratera do vulcão que deu origem à ilha, cratera essa que apresenta 3400 metros de perímetro. A lagoa encontra-se a 300 metros de profundidade, contados desde o bordo da cratera até ao mencionado lençol de água. Nela se encontram diversas pequenas ilhas que praticamente a conseguem dividir em lagoas mais pequenas dependendo da pluviosidade.

2 - Lagoa Negra

A Lagoa Negra é uma lagoa portuguesa localizada na ilha açoriana do Pico localizada no concelho das Lajes do Pico.
Esta lagoa localiza-se a uma cota média de altitude de 670 metros e encontra-se entre várias elevações que contribuem para a formação do seu lençol de água ao provocarem elevada condensação nas suas encostas. Essas formações são: o Cabeço da Lança, o Cabeço da Lagoinha, o Cabeço da Rochinha, o Cabeço das Cabras e o Cabeço do Lopes. A lagoa encontra-se aproximadamente a 70 metros da estrada que liga a freguesia da Piedade à estrada Transversal da ilha.

3 - Lagoa das Éguas
Fotografia de Rui Medeiros

A Lagoa das Éguas é uma lagoa portuguesa, localizada na ilha açoriana de São Miguel, arquipélago dos Açores, no município de Ponta Delgada e está relacionada com a formação vulcânica do Maciço das Sete Cidades.
Esta lagoa encontra-se na Serra Devassa alojada numa cratera vulcânica. A sua cota de altitude em relação ao nível do mar encontra-se nos 870 metros de altitude e está rodeada por florestas típica da macaronésia e plantações de criptomérias, encontrando-se próxima do Miradouro da Lagoa das Empadadas.

4 - Lagoa do Santiago

A Lagoa de Santiago é uma lagoa portuguesa, localizada na açoriana de São Miguel, arquipélago dos Açores, no município de Ponta Delgada e está relacionada com a formação vulcânica do Maciço das Sete Cidades.

Apresenta-se como uma lagoa profunda localizada na Serra Devassa, no fundo de uma cratera vulcânica. A sua cota de altitude em relação ao nível do mar encontra-se nos 334 metros. tem um comprimento de 700 metros, uma largura de 475 metros por uma profundidade de 29 metros. Está rodeada por florestas típica da macaronésia e plantações de criptomérias. Fica próxima do Miradouro da Lagoa do Canário.

5 - Lagoa das Empadadas

A Lagoa Empadadas é uma lagoa portuguesa, localizada na ilha Açores açoriana de São Miguel, arquipélago dos Açores.
Esta lagoa que se divide por dois lençóis de água com origem em duas diferentes crateras vulcânicas unidas entre si apresenta-se rodeada por bardos de Azáleas e por florestas típica da macaronésia e por florestas de criptomérias.

6 e 7 - Lagoa Negra e Lagoa Comprida
Fotografia de Joel Santos

A Lagoa Comprida é uma lagoa portuguesa localizada nas montanhas centrais da ilha das Flores, a uma cota média de 600 metros de altitude, concelho de Santa Cruz das Flores, ilha das Flores, arquipélago dos Açores.
Encontra-se nas proximidades da Lagoa Branca, Lagoa Seca e Lagoa Funda.

8 - Lagoa das Furnas

A Lagoa das Furnas é uma lagoa portuguesa, localizada na ilha açoriana de São Miguel, arquipélago dos Açores, na localidade das Furnas, município da Vila da Povoação e está relacionada com a formação vulcânica das Furnas. Encontra-se a uma cota de altitude que ronda os 600 metros.

Encontra-se rodeada um abundante vegetação macaronésia, além de igualmente abundantes manifestações vulcânicas do tipo Fumarola, sulfatara e caldeiras de águas ferventes. Nas margens desta lagoa e devido às águas ferventes vulcânicas fazem-se os tradicionais Cozidos à Portuguesa, debaixo da terra com o calor dessas manifestações vulcânicas.

9 - Lagoa das Sete Cidades

A Lagoa das Sete Cidades localiza-se no fundo da caldeira das Sete Cidades, na freguesia de mesmo nome, na ilha de São Miguel, nos Açores.
A caldeira foi formada por colapsos sucessivos de dois relevos que a circundam, e tem um diâmetro de cerca de 5 km e profundidade máxima de 400 metros. Constitui-se numa das maiores caldeiras de abatimento do arquipélago. Os seus bordos apresentam, em sua maior parte, vertentes muito inclinadas.

10 - Lagoa do Fogo

A Lagoa do Fogo é uma das maiores lagoas dos Açores e a segunda maior da Ilha de São Miguel, e é classificada desde 1974 como reserva natural.
Faz parte integrante da Rede Natura 2000, pelo facto de ter sido classificada como zona especial de conservação, aprovado por Decisão da Comissão Europeia no dia 28 de Dezembro de 2001, nos termos da Diretiva Habitats 92/43/CEE do Conselho. Esta lagoa de águas muito azuis ocupa uma área de 1 360 ha, que é bastante tendo em atenção as dimensões da própria ilha.

A lagoa do Fogo, ocupa a grande caldeira de vulcão adormecido do fogo. Este vulcão dá forma ao grande maciço vulcânico da Serra de Água de Pau, localizado no centro da Ilha de São Miguel. Todas esta zona é rodeado por uma densa e exuberante vegetação endêmica.

Esta caldeira vulcânica, tal como o vulcão que lhe deu forma é a mais jovem da Ilha de São Miguel e ter-se-á formado há cerca de 15 000 anos. A sua configuração atual é resultado do último colapso, tido como importante e que ocorreu no topo do vulcão, há aproximadamente 5 mil anos. A última erupção data de 1563.
Share on Google Plus

About Rui Medeiros

Curiosos no Mundo é um blogue que aborda vários assuntos, como Fotografia,Tecnologia,Bizarro,Cinema,Auto,Moda etc, aqui pode encontrar muitas curiosidades.
    Blogger Comment
    Facebook Comment