OS 10 VÍRUS MAIS PERIGOSOS DO MUNDO


Nós não conseguimos ver a olho nu, mas estes seres microscópicos são os mais perigosos do mundo, veja aqui os 10 vírus mais perigosos do mundo.

1. Vírus Marburg: O vírus mais perigoso e mortal do mundo é o vírus de Marburg. É um vírus de febre hemorrágica, semelhante ao Ebola. O vírus Marburg provoca convulsões e sangramento das mucosas, pele e órgãos. A doença é caracterizada por um súbito ataque de febre, dores de cabeça e mialgia após um período de incubação de 5 a 10 dias. A taxa de mortalidade é de 90 por cento. A fonte é uma zoonose de origem desconhecida. Uma eclosão recente da doença começou no norte de Angola no final de 2004 e matou 126 pessoas até 30 de março de 2005.

2. Ebola: Há cinco estirpes do vírus Ebola, cada um com nomes de países e regiões de África: Zaire, Sudão, Floresta Tai, Bundibugyo e Reston. O vírus Ebola Zaire é o mais mortal, com uma taxa de mortalidade de 90 por cento. E é esta a tipologia que atualmente se está a espalhar na Guiné, Serra Leoa, Libéria e também na Nigéria. Os cientistas acreditam que a recente fonte de proliferação do vírus sejam raposas voadoras.

3. Hantavírus: Recebeu este nome porque se acreditava que soldados norte-americanos tinham sido infetados por um vírus no rio Hanta, durante a Guerra da Coreia em 1950. Os sintomas incluem doença pulmonar súbita, febre e insuficiência renal. O Hantavírus tem um tempo de incubação de 2 a 4 semanas em seres humanos. A Síndrome pulmonar por hantavírus (SPH) é uma doença mortal transmitida por roedores infetados através da urina, fezes ou saliva. O ser humano adquire esta doença através das vias respiratórias, ou seja, através do ar. E não há cura.

4. H5N1: As várias estirpes da gripe aviária causam pânico regularmente, o que talvez seja justificado porque a taxa de mortalidade ronda os 70 por cento. Mas, na verdade, a probabilidade de contrair o H5N1 é bastante baixa. A infeção acontece através do contato direto com aves doentes.

5. Vírus de Lassa: Uma enfermeira na Nigéria foi a primeira pessoa a ser infetada com o vírus de Lassa. O vírus é transmitido por roedores. Os casos são na maioria endêmicos, o que significa que a infeção pelo vírus ocorre numa região específica, como na África ocidental. Os cientistas supõem que 15 por cento dos roedores na África ocidental são portadoras deste vírus. A infeção em humanos acontece tipicamente pela exposição a excrementos de animais, através do trato respiratório ou da área gastrointestinal. Crê-se que a inalação de partículas minúsculas de material infetado seja o meio mais simples de contaminação. 

6. Vírus Junin: Está associado à febre hemorrágica argentina. As pessoas infetadas com o vírus sofrem de inflamação dos tecidos, sépsia e hemorragias da pele. Os sintomas iniciais são comuns a várias doenças o que faz com que seja diagnosticada numa fase já tardio e irreversível.

7. Vírus da febre da Crimeia-Congo: É transmitido por carraças ou carrapatos. É semelhante aos vírus Ebola e Marburg na forma como se espalha. É altamente infeccioso. Alguns dos sintomas são a febre súbita, dores abdominais, vômitos, diarreia, aparecimento de hematomas e hemorragias nas mucosas. A taxa de mortalidade varia entre os dois e os 50 por cento. A ocorrência verifica-se sobretudo na Crimeia, Rússia, Bósnia-Herzegovina, Albânia, Bulgária, Iraque, Paquistão, China, África tropical e do Sul.

8. Vírus Machupo: Também conhecido por tifo preto, é uma infeção que provoca febres altas e sangramento. O vírus pode ser transmitido de humano para humano ou por roedores. Trata-se de um zoonose infeciosa endêmica da Bolívia. A infeção viral tem um início lento, com febre, mal-estar, dor de cabeça e dores musculares e articulares. O sangramento do nariz e furúnculos são os passos seguintes da evolução da doença; A fase hemorrágica começa sete dias depois dos primeiros sintomas. A taxa de mortalidade é estimada de 5 a 30%.

9. Vírus da Floresta Kyasanur: Os cientistas descobriram este vírus na costa sudoeste da Índia, em 1955. A doença da floresta de Kyasanur é uma febre hemorrágica viral transmitida por carrapatos e endêmica no sul da Ásia. A doença é causada por um vírus pertencente à família Flaviviridae, a qual também inclui os vírus que provocam a febre amarela e a dengue. Supõe-se que ratos, aves e suínos possam anfitriões deste vírus.

10. Dengue: É uma ameaça constante. Transmitida por mosquitos, a dengue afeta entre 50 e 100 milhões de pessoas por ano em destinos populares de férias, como Tailândia e Índia. Os sintomas incluem febre, dor de cabeça, dores musculares e articulares e uma erupção cutânea característica que é semelhante à causada pelo sarampo. Em alguns casos, a doença pode evoluir para a dengue hemorrágica com risco de vida.

Fonte: lifestyle.sapo.pt
Share on Google Plus

About Rui Medeiros

Curiosos no Mundo é um blogue que aborda vários assuntos, como Fotografia,Tecnologia,Bizarro,Cinema,Auto,Moda etc, aqui pode encontrar muitas curiosidades.
    Blogger Comment
    Facebook Comment